sexta-feira, fevereiro 29, 2008

Notinha rápida

Lula reclamou do Judiciário.Lúcia Hippolito não gostou. Que se dane! Se os jornalistas e o Marco Aurélio de Mello se acham no direito de esculhambarem o Lula, este está mais do que no direito de defender o que acredita. Se nos EUA o presidente é bastante criticado (como se por aqui não fosse...), por lá também o presidente não é o boi manso que querem que Lula seja. Quem tem que se conformar com as críticas é a imprensa.

2 Comments:

Anonymous Gabriel said...

Lula tem, sim, todo direito de opinar. Mas o fato que ele falou uma inverdade. O poder judiciario não "se mete com o executivo" quando avalia a legalidade ou não dos programas de seu governo. Cabe à justiça fazer valer a lei, e se afeta um determinado programna de governo, ainda está dentro desse principio. Tanto Mello quanto Lula podem falar o que quiser, mas Lula poderia pelo menos ser honesto.

domingo, março 02, 2008  
Blogger Rodrigo said...

Olá Gabriel!

Obrigado pela visita!
Sabe, não sei se dá para falar que Lula foi desonesto ou faltou com a verdade, afinal de contas, o Judiciário interfere no Executivo. Lógico, tem mais que interfirir mesmo. A democracia precisa mesmo disto para seu pleno funcionamento, no entanto, o debate de onde, quando ou de de que forma esta interferência deve acontecer deve acontecer sempre.
Neste caso específico , setores da oposição do legislativo foram ao Supremo mesmo depois do próprio orgão fiscalizador do Legislativo (TCU) ter aprovado o programa Territórios da Cidadania. Claro, a atitude oposição está dentro da lei, tanto quanto as declarações de Lula.
De qualquer forma, obrigado pela visita.

domingo, março 02, 2008  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home