quinta-feira, janeiro 04, 2007

Etimologia* politica. O que é um reaça?

A vida é complicada, coisas que pensamos ser tão simples às vezes se tornam bem complexas. Uma destas situações é definir a palavra reaça. O que é um reaça? Nos anos 60 era fácil definir, bastava observar as mulheres do CAMDE marchando na rua ou um membro do TFP discursando e você já desconfiava do que se tratava. Hoje em dia é um pouco diferente, a vida continuou, a guerra fria acabou e a tudo se tornou mais complexo. Então, no intuito de ajudar a tornar as coisas mais claras neste mundo globalizado e que vou tentar explicar este assunto em poucas palavras. Basicamente, um reaça é uma pessoa que manter o mundo socialmente inalterado.

Vamos a alguns exemplos práticos:

Você é reaça?

-Se alguém critica o capitalismo, você corre e vai checar a declaração de renda desse sujeito. Se ele for rico, que vergonha, não pode criticar, pois se beneficia dele. Se for pobre você corre e chama a polícia? Bem, então você é reaça.

- Você vive em um país com extrema desigualdade social, como o Brasil, por exemplo. Alguém critica esta situação, você começa a discorrer sobre as agruras do regime cubano? Bem, então você é reaça.

- Você sabe exatamente quantas pessoas morreram sob o domínio do comunismo, mas não sabe quantas pessoas morreram de AIDS na África, de violência, guerra, sarampo, tuberculose ou fome depois da queda do muro de Berlin? Bem, então você é reaça.

- Você passa noites sem dormir pela falta de democracia em Cuba, mas não fala um ai sobre a ditadura militar, ou até tem saudades dela, nem se preocupa de não possuir qualquer “bancana no congresso” que te represente? Bem, então você é reaça.

- Você vive em um dos paises de maior desigualdade social do mundo e acha o bolsa família para 11 milhões de famílias um absurdo? Acha que tudo deveria se resolver sozinho e não acha um absurdo o governo pagar dez vezes mais em juros para apenas 20 mil famílias? Bem, então você é reaça.

Bom, estes são só alguns exemplos, outros virão. O assunto é longo e bem polêmico para um só post.

* Foi mal, leitores. Mas graças a um "adEvogado" fiquei sabendo deste erro. Valeu!

Marcadores:

48 Comments:

Anonymous Anônimo said...

sim, eu sou reaça mesmo, e vc é um sub-humano no sentido sub-raça

sexta-feira, junho 20, 2008  
Blogger Rodrigo said...

É, você é reaça sim. E parece que não nega a estirpe se mostrando também um boçal.
Mas pode ficar tranquilo carioca. Você levou doze minutos para mostrar ao mundo o quanto é ignorante e usa Velox.
Eu não vou apagar seu comentário, pode ficar tranquilo. Ele vai ficar aqui para tudo que veja que antes de tudo, o reaça é sempre um imbecil.

sábado, junho 21, 2008  
Anonymous Anônimo said...

O pior é justificar um erro com outro. É um erros pagar muito para poucos? Sim. Nem por isso o Bolsa-família se torna aceitável. Aliás, o problema não é o auxílio em si, mas suas consequências (ou inconsequência). As pessoas querem auxílio vitalício, eis aí o problema. Não é ser "reaça", é ser realista e exigir do país que cobra o maior imposto do mundo.

quinta-feira, julho 14, 2011  
Anonymous Anônimo said...

se tivesse like/curtir aqui eu dava no comentário acima.

quinta-feira, outubro 13, 2011  
Anonymous Anônimo said...

sou do futuro e digo que em 2012 sua análise tem ainda mais valor.

quinta-feira, julho 05, 2012  
Blogger Carlos Eduardo Nascimento Gomes said...

Hahahaha...

Anônimo, tu és muito criativo!

quinta-feira, abril 18, 2013  
Anonymous Anônimo said...

A reaçada que descreve a revista Veja como mídia esclarecida, que não suporta ver pobre saindo da miséria enquanto toma toddynho e vai pra Disney todo ano! E uau hem, "ser reaça é ser realista". Parabéns reaça, é fácil ser realista quando não se vive a realidade.

sexta-feira, maio 10, 2013  
Anonymous Anônimo said...

Agora eu é quem quero um like no post em cima!

quinta-feira, junho 20, 2013  
Anonymous Anônimo said...

Petista rico é o que?????? Comunista rico??

segunda-feira, junho 24, 2013  
Anonymous João V. said...

Rodrigo, não concordar com Comunismo/Socialismo e sim com uma Social Democracia capitalisa é reacionário?
Preferir um modelo sueco ao envés do cubano é reacionário? (Quero mesmo saber sua opinião sincera)

quarta-feira, julho 03, 2013  
Anonymous Anônimo said...

A conversa acaba quando assumimos que o sistema é falho, bolsa familia é só uma ação tipica do governo brasileiro, que prefere agir na consequência, deixando de lado a causa.

terça-feira, julho 09, 2013  
Anonymous Anônimo said...

Apenas acho muito engraçado como as pessoas criticam as outras pelo simples motivo delas terem dinheiro e poderem ir para a Disney, por exemplo, um dinheiro conquistado pelo simples fato de ter estudado um pouco mais que os outros e apenas não ter se deixado alienar por algum tipo de imposição. Enquanto os outros ficam aí esperando esse dinheiro vir do Estado, dependendo se o Estado vai estar a fim ou não de "ajudar"; apenas criticando, sem fazer nada por merecer. Exatamente como o anônimo ai de cima disse, "agir na consequência, deixando de lado a causa", de que adianta somente ver como está o mundo agora e esquecer do que levou a isso, agir nas consequências apenas para "encobrir" os fatos, como a bolsa família, quando pode ser mais efetivo agir principalmente nas causas, no caso na educação, se esta fosse decente e tivessem aproveitado seus estudos, nem ao menos precisariam da Bolsa. "Tapar o sol com a peneira", cuidado.

terça-feira, setembro 03, 2013  
Anonymous Anônimo said...

"Parabéns reaça, é fácil ser realista quando não se vive a realidade." então o conceito de REALIDADE do sujeito é ser pobre, se não nascer em condições menos favorecidas pelo sistema então não vive "a realidade"? acho bom voce parar e pensar um poucoem sua lógica.

domingo, setembro 15, 2013  
Anonymous Anônimo said...

Meu pentavô era pobre, aos 17 anos estava órfão e só tinha a roupa do corpo. Conseguiu dar escola ao seu filho único e a cada geração, a família melhorava, às custas de muito trabalho e posteriormente de algum estudo, sem nunca ter recebido ajudas governamentais. Agora eu sou culpado de ter este legado e ainda trabalhar há 50 anos? "O socialismo acaba quando termina o dinheiro dos outros..." Ou acham que a Dilma tá dando dinheiro "do governo"? É imposto que gente como eu pagou ao longo de vidas inteiras de trabalho! Prefiro ser 'reaça' do que uma sanguessuga!

domingo, outubro 27, 2013  
Blogger J. Alencar said...

Herdeiro achando que tem meritocracia. Legal.

terça-feira, outubro 29, 2013  
Anonymous Anônimo said...

que nojo desses pseudo esquerdistas que usam smartphone, calça jeans, comem big mac e tomam coca cola. Assim é fácil né?

terça-feira, novembro 26, 2013  
Anonymous Anônimo said...

O autor do texto quis dizer que vc não pode discordar do ponto de vista dele, se não, vc é reaça. Kkkkk bizarro! Todas as questões que vc citou necessitam ser refletidas de forma muito mais complexa... uma análise totalmente superficial dessa não me deixa com vontade nem de debater o assunto.

quarta-feira, dezembro 04, 2013  
Anonymous Anônimo said...

Como diria o outro, típico post de um idiota motivado. De um cara que finge que lê o que não leu, finge entender o que não entendeu e mistura alhos com bugalhos onde qualquer um que entenda do que está sendo dito sabe que o autor não tem ideia do que está escrevendo. Tenho certeza que nas mesas de bar e nos meios que frequenta ele é tido como um cara esclarecido. Rodrigo treinou desde novo uma forma de montar seu discurso para que seja muito difícil um "leigo" questionar sem parecer tolo. Ele é o rei e está nu. Eu digo. O rei está nu! Não pegue o que escutou por aí e metabolize em um discurso "intelectual"...isso que você está fazendo no post é fofoca de boutique...é coisa de comadre metida a Nelson Rodrigues. E o pior que convence. Muitos. Enfim, sua sorte é que você nunca se deparou com quem realmente é capaz de te jogar na parede e te chamar de lagartixa ponto a ponto da sua "definição" de "reaça".

quinta-feira, dezembro 12, 2013  
Blogger Anna Celico said...

Cara... me abraça? Onde eu assino? :)

sexta-feira, dezembro 20, 2013  
Blogger Anna Celico said...

Me abraça?²

sexta-feira, dezembro 20, 2013  
Blogger Almeidão said...

Anônimo, você é O CARA!!!

sexta-feira, fevereiro 07, 2014  
Anonymous Anônimo said...

Vc poderia definir "reaça"?

quarta-feira, abril 09, 2014  
Anonymous Anônimo said...

Na verdade,o que acontece é que temos comida todo dia na mesa,ser reaça ou não, faz diferença,pois delimita o quanto se pode ver.O que se passa é perto disso, a distribuição de renda hoje é má distribuida, e um argumento disso ,é o do senador que controla 5% da soja mundial vendida, e outras pessoas passando fome em um mesmo lugar.
O Brasil tem várias diferenças sociais,e isso nunca vai mudar, aliás o Brasil é o país do desenvolvimento, ele até é BRICS, mas nunca vai mudar,porque ainda há a má vontade, não só isso, é fácil falar que o país vai evoluir, sendo que temos más condições em sistemas básicos, como a educação.
Claro aqui só citei problemas do Brasil, porque vivo aqui,e sei como é passar de classes,para classes,porém é fácil apoiar um sistema que você é beneficiado, o difícil é olhar a condição do outro.

sexta-feira, abril 11, 2014  
Blogger Paula said...

Eu tambem quero assinar,curtir e aplaudir :)

sexta-feira, abril 18, 2014  
Anonymous Anônimo said...

Quantas baboseira acabo de ler...
Primeiramente para entender o Bolsa Família é necessário observar as condições de vida da sociedade do sertão nordestino. A aridez absurda que afeta as famílias que ali vivem precisa ser combatida de uma forma ou outra. É muito fácil falar da tela do seu iphone, mas as condições sub humanas da caatinga precisam ser auxiliadas de alguma forma e cabe ao Governo provir esse auxilio. Alem disso falar em ideologia politica no Brasil é se dar um tiro no pé. Com o fim da guerra fria, os partidos políticos brasileiros (salvo algumas exceções) não se enquadram mais nos esteriótipos de direita/esquerda. Vamos ler mais Sergio Buarque e Caio Prado para enter melhor nosso pais pessoal!

sábado, abril 19, 2014  
Anonymous Anônimo said...

/\ Só li bosta desse daqui.

quarta-feira, maio 14, 2014  
Anonymous Anônimo said...

Quanta besteira junta. é proibido ter dinheiro, viver bem, se vc é rico vc é um nojo, se vc é pobre é um ser que não teve oportunidades na vida...

terça-feira, junho 10, 2014  
Blogger Nuria said...

Anna, o teu comentário me fez rir alto!
Caro anônimo: calou fundo, simplesmente Perfeito!!!!

terça-feira, julho 01, 2014  
Blogger Nuria said...

Amei!

terça-feira, julho 01, 2014  
Blogger Maíra said...

Rodrigo, você é um perfeito imbecil. Parabéns por ser um idiota útil e espalhar sua imbecilidade pela "internet", que é um meio opressor; seu texto é quase infantil... mas você também deve ser quase homem, tanto faz né?
Obrigada, Said! Você é o cara!

sexta-feira, agosto 01, 2014  
Anonymous Anônimo said...

Mais uma perola da esquerda da internet, o estado nao eh pai de ninguem pra ter que sustentar, se voce nao foi capaz de conseguir algo na sua vida, e os outros foram, nao jogue a culpa toda na "sociedade opressora" e no "sistema injusto". PORQUE A CULPA DO SEU FRACASSO EH TODA SUA

domingo, agosto 03, 2014  
Anonymous Anônimo said...

Anônimo, bolsa família é usado como álibi pelo governo petista para não fazer absolutamente NADA pelas famílias do sertão nordestino, assim como pelas demais famílias que vivem na miséria no Brasil inteiro.

domingo, agosto 10, 2014  
Anonymous Anônimo said...

Agora é que são elas.. Tipo, sou a prova da possibilidade impossível, hehehel, eu sou um meio reaça, só que realista, já perdi umas 3 heranças e perdi o que já tinha em mãos também... daí, me sobrou ser muito, mas muito trabalhador, trabalhar não muda a vida de quem as vezes tem tradição em vencer, logo a gente cria o que deveria ter direito a ter, já que o estilo reaça é tirar água da pedra, foi isso mesmo que eu fiz e pelo caminho aceitei o que deu pra aceitar, o governo quer dar bolsa eu aceitei, dar vantagens eu aceitei, sei que isto pesa, não acho legal isso acontecer, mas enfim, eu fiz uso disso e inclusive dia desses mandei mensagem pra Dilma(sou normal acreditem...) entao, nao dá pra dizer que eu gostaria mesmo é que tivéssemos parado no FHC ou no máximo até no LULA... tanto faz, assim como eu perdi o que era pra ser meu e reconstrui por que sou "reaça" trabalhador, eu também paguei impostos e se fui massa de manobra, manobrei a meu favor enquanto gerei empregos mesmo sendo beneficiado por "beneficios" como o simples nacional, essa porra tudo é nossa, somos nós que pagamos o BrAsil, eu aumento mesmo o meu patrimonio enquanto tem engenheiro por aí que tá se fudendo pra crescer na vida, não dá pra ter mais do que "esperança" que quem é pobre cresça por que trabalhou, assim que a renda crescer os "bolsistas" que prestam vao perder as bolsas e vão se ver pagando imposto de verdade, sem ter direito a pegar FGTS depois de 6 meses trabalhando e prontinhos pra virar um bando de vagabundos... A realidade é essa, sempre vai ter gente que nasceu pra ser escória e nós iremos pagar por eles, já temos o direito de pagar aos indios pela terra daqui, a vida é um negócio, temos de admitir isso e lutar de forma corajosa, trabalhar 50 anos como disse o colega "reaça" não é mais do que a nossa obrigação, e se tem gente querendo viver de bolsa familia pro resto da vida, que bom, por que é mais toddynho que vai sobrar pra quem tiver grana de verdade pra comprar.... Ah, inclusive, sou negro e tive o gosto de passar em primeiro lugar em todos os vestibulares e ainda sim cobrei minha cota, pq é parte do "pacote" incluso nos impostos que paguei tão caro e eu cobrei a minha cota de primeiro lugar...a dualidade é algo defícil de se entender, até ter perceber que temos que trabalhar, pagar muito imposto e lidar com o governo que temos e fazer o possível pra que as "minorias" não sejam o exemplo de como é crescer e fazer com que um país cresça.
Até mais, seus coxinhas desocupados, pq eu tenho que pagar a bolsa da faculdade de vcs..

sexta-feira, agosto 15, 2014  
Anonymous Anônimo said...

Abraço coletivo!

segunda-feira, novembro 03, 2014  
Anonymous Ludmyla said...

Incrível ver gente incomodada porque o filho da empregada senta ao lado do seu filho na faculdade graças às ações afirmativas.
Incomodado porque tem alguém que agora come carne no almoço, depois de trabalhar desde as 6h da manhã na roça, graças aos 77 reais de bolsa-família.
Incomodado porque a família que mora na favela frequenta o mesmo shopping que a sua.
Incomodado porque alguém branco, sulista, com curso superior e rico (bem estereotipado mesmo!) vote na Dilma.
Incomodado porque um negro, nordestino, pobre e sem estudo(idem) vote na Dilma.
Faça-me um favor: vá se catar!

terça-feira, março 17, 2015  
Anonymous Anônimo said...

E eu que só procurava saber o que é reaça, acredito que cada um tem uma opinião e nem sempre precisa ser discutida...

quarta-feira, setembro 16, 2015  
Blogger Meyn said...

Para um "não reaça" o que seria um mundo perfeito?

quarta-feira, outubro 28, 2015  
Anonymous Anônimo said...

Eu apenas procurava uma definição precisa da palavra reaça, e me deparei com esse imenso debate sobre esse texto (fraco e tendencioso). Mas, depois de 8 anos, quase 9, cadê o autor do texto? Com impeachment em processo, o governo descambando de tanta roubalheira, políticos de pseudo-esquerda e pseudo-direita sendo desmascarados, cadê o Rodrigo?

domingo, dezembro 06, 2015  
Anonymous Anônimo said...

Que bosta de texto, sem fundamento nenhum. Se quer fazer um artigo ou algo do gênero seja imparcial e só exponha sua opinião no final. Horrível.

quinta-feira, dezembro 10, 2015  
Anonymous FodaC vo6 said...

Antes um reaça do que um acomodado do sistema, parindo e esperando bolsa família pro marido encher o C* de cachaça igual ao corruPTo do Lula. Vá se danar!!

segunda-feira, abril 11, 2016  
Anonymous Anônimo said...

O cara aqui em cima conhece todo mundo que recebe o bolsa kkk.
Enfim, não me lembro de quando o foco do país passou de "acabar com a corrupção" para "briguinha entre esquerda e direita". Acho que estava melhor quando ninguém se preocupava com política, pelo menos não tinha tanta briga assim...

domingo, agosto 07, 2016  
Blogger Will Terra said...

Cara vc é burro, sou pobre e graças a Deus reaça, não como a custa do governo trabalho do que for preciso nunca roubei ou matei para ter dinheiro, viajo e tenho uma vida que não falta nada, e sou contra o bolsa família, que na verdade é esmola em troca de votos, para de passar vergonha imbecil, e dou seu dinheiro para os pobres

sexta-feira, agosto 19, 2016  
Blogger Will Terra said...

Cara vc é burro, sou pobre e graças a Deus reaça, não como a custa do governo trabalho do que for preciso nunca roubei ou matei para ter dinheiro, viajo e tenho uma vida que não falta nada, e sou contra o bolsa família, que na verdade é esmola em troca de votos, para de passar vergonha imbecil, e dou seu dinheiro para os pobres

sexta-feira, agosto 19, 2016  
Blogger òia nóis aki said...

Este comentário foi removido pelo autor.

sábado, janeiro 14, 2017  
Anonymous Anônimo said...

Somos reaças sim, com muito orgulho e vamos enDIREITAr esse país!

sábado, janeiro 14, 2017  
Anonymous Anônimo said...

Tudo pertence a quem tudo produz, espertão!

sexta-feira, fevereiro 17, 2017  
Anonymous Anônimo said...

Inaceitável é uma grande empresa brasileira dever 40 bilhões em impostos. Se voce paga impostos abusivos e não tem retorno e por culpa daqueles impressas graúdos que deixam de pagar bilhões e bilhões em impostos anualmente, não é por causa do bolsa família não, espertão!

sexta-feira, fevereiro 17, 2017  
Anonymous Anônimo said...

Então quer dizer que num país onde 46% da população é negra e eles são apenas 12% nas faculdades, o maior número de vítimas de homicídio é de negros que a culpa é só deles mesmo né amigão? Vai consultar estatísticas. Vc sabe interpretar um gráfico? Então. Depois que você souber algo a respeito do porquê o Eike Batista tem dinheiro e o pobre lá do morro não tem, vc vem falar borracha aqui.

sexta-feira, fevereiro 17, 2017  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home